skip to Main Content
9.9975.9108 3466.5531 espacobambui@gmail.com R. Brasil 680, Canoas RS Facebook
Conheça A Terapia Do Cone Chinês E Hindu

Conheça a terapia do Cone chinês e hindu

A terapia do Cone Chinês é uma técnica milenar de medicina natural não invasiva. Consiste na queima de um cone feito de gaze e cera aplicado ao ouvido. O calor gerado pelo cone, que queima como uma vela, acrescido de uma suave pressão negativa gerada da queima agirá como um bactericida para os ouvidos e as vias respiratórias, estimulando a limpeza do ouvido, limpa o excesso de mucosas.

O Espaço Bambuí passa a oferecer na cidade de Canoas e toda região de Porto Alegre a terapia do cone chinês e hindu, oferecida pelo terapeuta Carlos Lampert Filho na clínica, além de contar com seu terapeuta na cidade de São Paulo, Vitor Bustamante. Entre em contato para saber mais e agendar uma consulta.

Entrevista sobre o cone chinês e hindu com o terapeuta Vitor Bustamante

Terapeuta Vitor Bustamente

Terapeuta Vitor Bustamente

Vitor é terapeuta, trabalha na cidade de São Paulo, e faz parte da equipe do Espaço Bambuí, atendendo na capital paulista. Ele é instrutor de Balanceamento Muscular pelo IBBM, Reiki Master e Terapeuta Floral. Ministra cursos de Reiki e Balanceamento Muscular. Formado em Comunicação e Multimeios pela PUC de São Paulo em 2008.

Cursa o segundo ano de Fisioterapia na UNIP em São Paulo. Coordena a liga de estudos em Terapias Naturais, Ética e Espiritualidade na UNIP. Já ministrou cursos e realizou atendimentos nas cidades de Cotia-SP, Ouro Preto-MG e São Paulo-SP. Vitor Bustamante atende em consultório desde 2008. Veja a entrevista abaixo:

Quais são os benefícios do cone hindus e chinês?

Terapia cone chines funciona para diversas situações

Terapia cone chines funciona para diversas situações

Os benefícios mais conhecidos do Cone Chinês ou Hindu são os benefícios físicos. Combate ao excesso de cera nos ouvidos, rinite, sinusite, labirintite, congestão nasal, irritação e inchaço nas adenóides, pigarro, tosse, ressonar (ronco), dor de garganta, asma, pressão nos ouvidos, zumbidos. Também umidade e cerosidade, tensões na ATM (bruxismo), desintoxicação, alívio das dores e tensões na cabeça. A sensação de alívio e relaxamento após a aplicação do Cone Chinês é notória.

Os benefícios menos conhecidos são os energéticos, que atuam diretamente no mental e emocional. Alívio dos pensamentos excessivos/repetitivos, stress mental e stress no geral, auxílio a recuperação de sono saudável e profundo,equilibra a Fleuma (o “pântano do corpo” para o chinês: mucosas), ativa a energia Yang, energia da ação, de realizar, sair da mente excessiva e vir para o mundo.

Todo mundo pode usar essa técnica? Se não, qual é a exceção?

Não. Não é indicado para quem está com pressão alta não controlada, tem tímpano perfurado, cirurgias recentes, cisto no ouvido, mastoidite em sua fase aguda, corrimentos, tumor no ouvido. Ou está com excesso de Yang e fraqueza em Yin.

Como é feita a aplicação?

A aplicação tradicional é feita nos ouvidos, um de cada vez, tendo o cone sempre na posição vertical. A pessoa deitada de lado, com travesseiro, uma almofada entre os joelhos de forma que a coluna fique alinhada.

O Cone também pode ser aplicado em outros pontos do corpo. Pontos de Acupuntura (lembrando que o cone Yanguisa), chacras, articulações e outros. É mais rara a aplicação que não é no ouvido.

Quando aparece os resultados?

A reação varia de pessoa para pessoa. Para alguns casos, uma sessão já estabiliza a pessoa; para outros, é preciso um tratamento. Muitos resultados e a sensação de alívio e relaxamento por exemplo, aparecem logo após a aplicação. O efeito do Cone pode aparecer alguns dias após a aplicação, normalmente para zumbidos, até 5 dias após a aplicação.

É possível utilizar outros métodos alternativos junto com essa prática, como o Reiki, cromoterapia e outras? Se sim, como é feito e quais são os benefícios?

limpeza-ouvido-cone-chines-rs

Resultado do cone chinês

Sim, o pensamento ocidental tende a sempre fazer um recorte para nele se especializar e aprofundar. A visão mecanicista prevalece em relação a visão sistêmica ainda, por mais que nós tentemos nos policiar quanto a isso. Dessa forma, retiramos o Cone Chinês ou Hindu dos tratamentos da Medicina Tradicional Chinesa e da Ayurveda para transformá-lo em um único tratamento. Porém, ele deve ser parte de um tratamento maior, pois tudo está interligado e a origem do problema normalmente não está onde o sintoma aparece. Dessa forma, é necessário uma avaliação completa do beneficiado.

Como eu faço a sessão: Através de técnicas de teste muscular, avalio a circulação do Chi do beneficiado e faço uma estabilização geral do seu sistema enérgico atendendo prioridades que a investigação do sistema corpo/mente aponta. Muitas vezes, o sistema de luta e fuga está ativado e é recomendável desativar esse sistema o máximo possível antes da aplicação para um aproveitamento maior do cone. Também verifico se há excesso de tensão na ATM, faço o relaxamento dela antes da aplicação. Durante a aplicação sempre faço também Reiki simultaneamente.

Como é feito essa avaliação?

A primeira avaliação que fazemos é verificar se a pessoa não está com nenhuma das contra-indicações (para a aplicação do Cone). Após, perguntamos sobre seus incômodos físicos: quais são eles e há quanto tempo estão presentes (normalmente quanto mais antigos, maior o esforço para retirá-los). Também perguntamos se há algum incômodo comportamental: ansiedade, medo, nervosismo, indisciplina. É importante levar a pessoa a fazer uma auto-avaliação para, após o tratamento com o Cone, verificar a sua melhora mesmo em itens que ela não pensou em trabalhar com o Cone. Os benefícios físicos do Cone são mais conhecidos, mas os benefícios no mental-emocional são igualmente eficazes.

Em um segundo encontro com a pessoa verificamos sua evolução em relação aqueles itens que a incomodavam. Essa é uma recomendação básica em avaliação para a aplicação do Cone.

Caso você trabalhe com Ayurveda, Medicina Tradicional Chinesa, Alquimia, Nova Medicina Germânica ou outra, é recomendável usar o Cone como parde do seu tratamento, um complemento poderoso.

Sempre que eu não sei o que fazer com um cliente e nem ele tem objetivos claros ou não consegue se expressar, tamanho é o caos onde se encontra, sendo difícil traçar um caminho para a estabilização, eu faço um cone. Na próxima sessão a pessoa já chega com maior clareza e conseguimos direcionar o trabalho.

Na aplicação, a pessoa fica deitada de lado, com travesseiro entre os joelhos de forma que a coluna fique alinhada. É necessário essa almofada no momento da aplicação?

Sim, se a pessoa não tem as coxas bem largas, a posição deitado de lado inclinará o quadril e irá desalinhar a coluna. O travesseiro entre os joelhos é para que a coluna se mantenha alinhada durante todo o tempo em que a pessoa passar deitada de lado. Bem como travesseiro na cabeça. Também uso um travesseiro para o braço que fica em cima, para não gerar tensão na articulação do ombro. Brinco com a pessoa para ela imaginar que é ursinho dela esse travesseiro no braço, sempre rende um sorriso e um momento descontraído que auxilia a relaxar.

Atendimento de cone chinês e hindu

O Espaço Bambuí passa a oferecer na cidade de Canoas e toda região de Porto Alegre a terapia do cone chinês e hindu na clínica, além de contar com o terapeuta em São Paulo, capital. Oferecidas pelos terapeutas Carlos Lampert Filho e Vitor Bustamante. Entre em contato para saber mais.

Canoas e região metropolitana de Porto Alegre

Agende a sua consulta entrando em contato com o Espaço Bambuí pelo Whatsapp 9.9975.9108, telefone 3466.5531, email espacobambui@gmail.com ou fale conosco em nossa página do Facebook. Venha nos visitar na Rua Brasil 680, Bairro Harmonia, Canoas – RS.

São Paulo capital e região

Agende seu atendimento ou solicite mais informações pelo WhatsApp: 11 9-9794-9203 ou pelo email: vitor05@gmail.com.

This Post Has One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top