skip to Main Content
51 9.9983-0283 51 3466.5531 espacobambui@gmail.com R. Brasil 680, Canoas RS Facebook

Perguntas e respostas sobre psicoterapia

A psicoterapia é o momento de descobrir um olhar diferente para a própria existência, e assim, reformular significados. É a oportunidade de poder rever aquilo que foi e aquilo que é vivido, reconhecendo o valor de cada coisa, percebendo o poder transformador da vida. Naturalmente, existem muitas dúvidas sobre o tratamento. Pensando nisso, desenvolvemos uma série de perguntas e respostas. Você tem alguma dúvida que não foi respondida? Entre em contato e nos envie!

No Espaço Bambuí, o atendimento psicoterapêutico e psicológico em Canoas é ministrado pela psicóloga Daniela Petry (CRP 07/767-5), que também conduz o Grupo Terapêutico Lidando com a Ansiedade. Conheça!

O que é Psicoterapia?

É o atendimento realizado por um psicólogo com a finalidade de tratar questões pessoais tais como dificuldades emocionais, comportamentais, cognitivas, etc.

Qual a diferença entre atendimento psicológico e psicoterapêutico?

O psicoterapeuta é um psicólogo clínico, ou seja, alguém que, além de ter feito a Faculdade de Psicologia, trabalha no atendimento individual, ou em grupo, em um consultório. Existem psicólogos que não trabalham com atendimento psicoterapêutico, como os que atuam nos setores de recursos humanos de empresas, não sendo psicoterapeutas.

Qual a diferença entre Psicoterapeuta e Psiquiatra?

Psicoterapeuta é o profissional que aplica técnicas de tratamento que envolvem as questões emocionais ou comportamentais. Já o psiquiatra, é um médico e costuma ter o foco no tratamento medicamentoso.

O que é “Abordagem centrada na pessoa” no atendimento psicoterapêutico?

carl_rogers
Carl Rogers (1902 – 1987)

A abordagem centrada na pessoa é uma abordagem psicoterapêutica desenvolvida por Carl Rogers e seus colaboradores. Carl Rogers é reconhecido como o primeiro psicólogo a abordar as principais questões da Psicologia sob a ótica da “Saúde Mental”. Rogers rejeitou a ideia tradicional de que todo ser humano possuía uma neurose básica, defendendo que o núcleo da personalidade humana tende à saúde, ao bem-estar. Tal conclusão deu início a um processo meticuloso de investigação científica desenvolvido por ele, ao longo de sua trajetória.

A partir dessa concepção primária, o processo psicoterapêutico consiste em um trabalho de cooperação entre psicólogo e cliente, cujo objetivo é a liberação desse núcleo da personalidade, obtendo-se com isso a descoberta ou a redescoberta da autoestima, da autoconfiança e do amadurecimento emocional.

Além dos casos clínicos clássicos como ansiedade, depressão, síndrome do pânico, etc pode-se contar com atendimentos psicológicos quando houver:

  • Distração excessiva a ponto de perder aulas, não encontrar seus objetos, perder compromissos, etc.
  • Sentimentos depressivos e de tristeza constantes.
  • Necessidade de desenvolver habilidades sociais como falar em público, iniciar amizades.
  • Alterações de humor muito fortes ao longo de pouco tempo e sem causas aparentes.
  • Depressão pós-parto.
  • Dificuldades em lidar com separação entre as pessoas, relacionamentos.
  • Dificuldade em tomar decisões e atitudes.
  • Necessidade em repetir atos sem sentido, como verificar portas muitas e muitas vezes, lavar as mãos, etc.
  • Medos e fobias, como o medo de dirigir, sair em espaços públicos, andar de avião, animais, pessoas, etc.
  • Superar a timidez, o ciúme em excesso, etc.
  • Dificuldade em lidar com pessoas difíceis como chefes, pais, irmãos, colegas de trabalho ou escola, etc.
  • Pensamentos repetitivos e angustiantes que tomam nossa mente e nos afetam.

O atendimento é apenas um momento de desabafo e de dizer o que penso?

Desabafar, falar coisas que estavam “entaladas na garganta”, dizer coisas que você pensa mas não teve oportunidade ou alguém para escutar são sim parte de um atendimento psicológico, pois é um momento de acolhimento, mas não se limita a isto, naturalmente. A grande importância da psicoterapia é a intervenção do psicólogo com o intuito de trabalhar as questões trazidas à tona durante o processo.

Haverá dias em que o paciente sairá da terapia com a sensação de leveza, mas também haverá dias em que surgirá a sensação de ter trabalhado muito conteúdo interno e reformulado muitos conceitos a seu próprio respeito ou a respeito do mundo. Nem sempre a psicoterapia oferecerá a sensação de conforto, mas sempre oferecerá reflexão e autoconhecimento, que levarão à segurança interna, ao conforto verdadeiro com o tempo. Os momentos compartilhados com um psicoterapeuta tocam em questões importantes que acabamos deixando de lado por medo ou ignorância e estas questões, quando expostas ao lado de um profissional capacitado, recebem o apoio necessário para que aquilo que até então era abafado possa finalmente vir à luz.

Atendimento psicológico em Canoas com a psicóloga Daniela Petry

Psicóloga Daniela Petry
Psicóloga Daniela Petry

Psicóloga com 19 anos de experiência na área clínica, Daniela Petry (CRP 07/767-5) tem ampla experiência em psicologia escolar, saúde pública e comunidades terapêuticas. É psicóloga no Espaço Bambuí, onde atende adolescentes, adultos e terceira idade. Também no Espaço, é responsável e fundadora do Grupo Terapêutico Lidando com a Ansiedade. Formada em Psicologia pela Unisinos, em 1996, Daniela Petry se especializou na Abordagem Centrada na Pessoa (Carl Rogers), pela Unilasalle, e como Psicóloga Perita Examinadora de Trânsito, pela Ulbra.

Back To Top