skip to Main Content
51 9.9983-0283 51 3466.5531 espacobambui@gmail.com R. Brasil 680, Canoas RS Facebook
Alimentos Cotidianos Que São Ricos Em Açúcar E Podem Estar Comprometendo Sua Dieta

Alimentos cotidianos que são ricos em açúcar e podem estar comprometendo sua dieta

Muitas pessoas que querem perder peso ficam frustradas por não verem resultado, mas muitas vezes isso ocorre não porque ela está fazendo algo errado, e sim porque o profissional prescreveu um alimento que, ao invés de ajudá-la no processo de perda de peso, está fazendo o efeito contrário.

Sair da obesidade, perder peso ou manter o peso ideal mantendo a saúde é uma meta que é auxiliada pelo acompanhamento de um nutricionista experiente que compreende as necessidades de cada paciente e a dieta mais adequada. Mas não é só isto, muitas vezes o processo de emagrecimento exige tratamentos complementares como terapias ou exercícios. Com uma equipe de terapeutas o Espaço Bambuí é uma verdadeira clinica para emagrecer em Canoas, oferecendo tratamentos nutricionais, psicológicos, estéticos e de condicionamento físico.

Muitas pessoas experimentam dietas, contam calorias do prato e fazem adaptações no cardápio seja para perder 2kg ou até 10kg. O que às vezes nem imaginamos, é que existem comidas que atrapalham na hora de emagrecer.

Se analisarmos a fundo, podemos dizer que alimentos como o suco de fruta, o ovo, a cenoura, a soja e proteínas em excesso, de modo geral, ao invés de ajudarem, podem ser “vilãs” do emagrecimento.

Alguns dos alimentos que podem prejudicar a perda de peso são muito frequentes nos cardápios prescritos por profissionais. Esse é um grande erro, pois alguns itens tidos como saudáveis, mesmo que sejam pouco calóricos, podem engordar ou impedir a perda de peso se forem ingeridos em excesso.

Alimentos ricos em açúcar

É necessário levar em conta o açúcar de todos os alimentos que são consumidos durante o dia. É por isso que muitas pessoas falam que não consomem açúcar durante o dia, mas tomam o refrigerante zero, o suquinho de fruta, a batata, montanhas de arroz, queijos “lights” e no fim não tem os resultados tão esperados, tanto para o emagrecimento quanto para a saúde.

Resultado de imagem para suco frutas
Suco de frutas

Suco de frutas

Apesar de ser saudável, a fruta em excesso pode, sim, sabotar o seu emagrecimento. Comer uma laranja é bem diferente, por exemplo, de tomar um copo de suco da fruta. Quando você come a laranja, você está consumindo as fibras e os nutrientes, mas, ao tomar um suco, você está consumindo apenas a frutose, que apesar de ser um açúcar natural, em excesso pode ser prejudicial.

A maioria das pessoas tem uma ideia errada em relação às frutas. Por mais que sejam saudáveis e ricas em fibras e vitaminas, apresentam um alto nível de açúcar natural – a frutose. A especialista recomenda diminuir o consumo de frutas na rotina e, quando a pessoa sentir vontade de comer uma fruta, optar pelas com menos frutose – como abacaxi, kiwi ou abacate.

Frutose – Quando transformados em suco, os índices de frutose aumentam ainda mais. Comer uma laranja é bem diferente, por exemplo, de tomar um copo de suco da fruta. Quando você come, está consumindo as fibras e os nutrientes, mas, ao tomar um suco, você está consumindo apenas a frutose, que apesar de ser um açúcar natural, em excesso pode engordar e prejudicar a saúde.

Resultado de imagem para graos integrais

Grãos integrais

A febre pelos alimentos integrais começou na década de 1970, quando os médicos ingleses Hugh Trowell e Denis Burkitt perceberam que populações africanas que se alimentavam de cereais não processados tinham uma menor incidência de doenças intestinais.

Desde então, grãos que não passaram pela refinação industrial são amplamente indicados por nutricionistas e profissionais da saúde. Mas nem todos realmente podem ser considerados mais saudáveis ou até mesmo apresentar os benefícios noticiados no rótulo.

É o que indica a pesquisa da Escola de Saúde Pública de Harvard publicada na revista Public Health Nutrition deste mês. O problema, de acordo com os especialistas, se repete no Brasil. Muitos destes produtos têm quantidades superiores de açúcar e de calorias que as versões tradicionais.

Leite e iogurtes

Por mais que seja um termo bastante conhecido, poucos sabem que a lactose nada mais é do que o açúcar encontrado no leite. Mesmo sendo rico em cálcio e vitaminas importantes para o crescimento na infância, o consumo em excesso, principalmente em adultos, pode ser responsável por doenças como o aumento no colesterol.

Mas o leite está longe de ser o grande problema quando falamos em laticínios, especialmente os fermentados. É nos iogurtes industrializados que está o grande problema.

Muitas pessoas veem o iogurte como um aliado para uma vida mais saudável. Rico em proteína, cálcio e probióticos, o iogurte é a escolha certa de nutricionistas para quem está em dieta ou procura melhorar suas hábitos alimentares.

Mas, por baixo do rótulo “saudável”, a maioria das marcas disponíveis no mercado se parecem mais com sobremesas do que com um alimento realmente benéfico para a nossa saúde.

Um estudo publicado no jornal científico BMJ Open revelou que a maioria das marcas de iogurtes encontrada nos supermercados do Reino Unido contém altas quantidades de açúcares, muito mais do que o recomendado por nutricionistas. Mesmo as marcas orgânicas, muito relacionadas à alimentação saudável, tinham muito açúcar (cerca de 13 gramas de açúcar por 100 gramas de iogurte). Aqui no Brasil, isso não é diferente. A maioria dos iogurtes vendidos no Brasil tem mais açúcar do que os consumidores imaginam.

Resultado de imagem para ovos
Ovos

Ovos

Outro alimento que está no topo dos alimentos “queridinhos” das dietas é o ovo. Por ser um alimento barato, de preparo rápido e rico em proteína, muitos profissionais da saúde prescrevem este alimento em dietas para diminuir a ingestão de carboidratos. Mas, para algumas pessoas, ele pode ser prejudicial, se existir sensibilidade à albumina, o que gera alergia causada pela ingestão de clara de ovo.

Resultado de imagem para soja proteina
Proteína de soja

Soja

Mais uma comida que ninguém imagina mas pode ser prejudicial é a soja. O consumo de soja no país aumenta cada vez mais, porque o número de vegetarianos no Brasil quase dobrou em 6 anos.

Ela seria um ótimo alimento e fonte de proteínas, se não fosse o fato de que a soja ocidental possui fitatos que “sugam” todas as vitaminas e minerais do intestino e estômago. Além disso, o excesso de manganês nesse alimento pode afetar o cérebro.

Proteínas em excesso

Em dietas como a “low carb” – de baixa ingestão de carboidratos, que ficou muito popular nos últimos tempos- é comum ingerir uma grande quantidade de proteínas – às vezes em dosagem muito maior que a quantidade diária recomendada.

Mas é preciso ter cuidado ao adotar esse tipo de hábito. Hoje é muito comum encontrarmos pessoas que não possuem as enzimas que digerem as proteínas. Isso pode levar ao mau funcionamento do intestino, que é outro fator que atrapalha o processo de perda de peso.

Resultado de imagem para beterraba cenoura batata
Beterraba e cenouras são vegetais cheios de qualidades – e também de açúcar

Vegetais

A maioria dos açúcares em vegetais são encontrados na cenoura, beterraba e tomate. Mesmo sendo alimentos com poucas calorias, que parecem inofensivos à saúde, é preciso ter cautela ao ingeri-los.

Além de não serem opções indicadas para quem quer perder peso, diabéticos também devem se atentar. Alguns vegetais têm alto teor de açúcar que, quando convertido em glicose, aumenta os níveis de açúcar no corpo rapidamente.

Cenoura – Ela parece “inofensiva” por ser um vegetal e ter poucas calorias, mas também é preciso ter cautela ao ingeri-la. Além de não ser uma opção indicada para pessoas que querem perder peso, diabéticos também devem se atentar a esse alimento. As cenouras têm alto teor de açúcar que, quando convertido em glicose, aumenta os níveis de açúcar no corpo rapidamente.

Back To Top